Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Compras sustentáveis em empresas construtoras de edifícios PDF
    • Aluno: Patricia Alves do Nascimento
    • Orientador: Mércia Maria Semensato Bottura de Barros
    • Categoria: Mestrado profissionalizante
    • Ano: 2016

    No cenário atual na construção civil, assim como no resto das indústrias, a questão da sustentabilidade está muito presente. A escassez de recursos naturais e as mudanças climáticas exigem novas formas de organização empresariais e políticas. Agir com sustentabilidade traz uma série de benefícios que vão desde a preservação dos recursos naturais (benefícios gerais) até melhoria do marketing das empresas (benefícios específicos). Dentro deste cenário, assuntos como construção sustentável, construção verde, desenvolvimento sustentável, responsabilidade social e certificações ambientais estão sendo muito discutidos. O foco desta pesquisa é o alinhamento das questões de sustentabilidade pelo setor de compras, que se constitui de importante elo entre a estratégia da organização e seus fornecedores (necessários à materialização do produto edifício), no âmbito das empresas construtoras de edifícios. Esta pesquisa tem por objetivo tratar da implantação do processo de compras sustentáveis e suas implicações práticas, tal como a inclusão de requisitos de sustentabilidade em processos chave. Em um primeiro momento, foi realizada uma revisão bibliográfica a respeito dos temas de compras, cadeia de suprimentos, gestão da cadeia de suprimentos, sustentabilidade, construção sustentável e responsabilidade social. Também foi realizado um estudo para avaliar o nível de percepção e de ação das empresas construtoras de edifícios acerca dos temas de sustentabilidade geral e compras sustentáveis. A contextualização colaborou à proposição de modificações em processos chave do setor de compras e à elaboração de documentação padrão incluindo critérios de sustentabilidade na seleção e cadastro de fornecedores.||Ao analisar a cadeia de suprimentos sob a ótica da sustentabilidade, o foco deve ser na gestão das operações relacionadas ao meio ambiente, considerando a otimização dos fatores ambientais dentro das cadeias de suprimentos durante a produção, consumo, atendimento ao cliente e descarte dos resíduos.

  • Tecnologia construtiva de fachada em chapas delgadas estruturadas em light steel framing PDF
    • Aluno: Silvia Scalzo Cardoso
    • Orientador: Mércia Maria Semensato Bottura de Barros
    • Categoria: Mestrado profissionalizante
    • Ano: 2016

    Aumento da produtividade, melhorias na qualidade dos produtos, redução de custos e de impactos ambientais são essenciais para a competição entre as empresas. Um dos caminhos críticos da obra é a fachada, subsistema que associa as funções de fechamento, acabamento, iluminação e ventilação e ainda pode incorporar sistemas prediais, apresentando, portanto, um alto custo direto em relação aos outros subsistemas do edifício. A tecnologia construtiva de fachadas em chapas delgadas com estrutura em Light Steel Framing (LSF) é uma alternativa viável para aumentar a produtividade e reduzir os prazos de obra, com qualidade e desempenho, e pode trazer benefícios em relação a atividades intensas em mão de obra como é o caso da alvenaria de vedação e de seus revestimentos. O presente trabalho teve por objetivo sistematizar e analisar o conhecimento relativo a essa tecnologia construtiva de fachada. O método adotado compreendeu revisão bibliográfica. Como contribuição, o trabalho reúne um conjunto organizado de informações sobre os principais sistemas disponíveis no mercado contemplando a: caracterização do sistema de fachada, de suas camadas e dos perfis leves de aço e sistematiza as principais avaliações técnicas dos sistemas existentes em outros países, reunindo normas técnicas de produtos e de execução. Acredita-se que a reunião e organização das informações antes dispersas em diversas referências, tem potencial para subsidiar o meio técnico para tomada de decisão quanto ao uso adequado da nova tecnologia.

  • A gestão de empresas de projeto e a sustentabilidade ambiental de edificações. PDF
    • Aluno: Nathalia de Paula
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    O projeto é uma etapa importante do empreendimento do subsetor Edificações, pois é o momento em que muitas decisões sobre o seu desempenho e a execução podem ser tomadas. Por essa razão, essa etapa é estratégica em relação à sustentabilidade ambiental. O objetivo geral da presente tese é propor diretrizes de gestão para empresas de projeto com foco no atendimento a requisitos ambientais em projetos de edificações. Para atingir o objetivo proposto, três etapas de pesquisa foram realizadas. A Etapa 1 tem foco no diagnóstico das práticas de algumas empresas que atuam no mercado: empresas de projeto de edificações e de consultoria em sustentabilidade ambiental. Os métodos utilizados nessa etapa são pesquisa-ação, questionário e pesquisa exploratória. Na Etapa 2 da pesquisa, três estudos de caso envolvendo empresas de projeto da cidade de São Paulo foram realizados, a fim de analisar a sua gestão com foco em sustentabilidade ambiental. Na Etapa 3, uma pesquisa survey foi realizada buscando investigar, de modo mais abrangente, se a sustentabilidade ambiental é considerada nos processos gerenciais das empresas. Os principais resultados dos estudos mostram que há fatores externos e internos à empresa que influenciam em sua reação frente às demandas de mercado ou da sociedade; a consideração da sustentabilidade ambiental pela empresa de projeto trouxe mudanças aos seus processos gerenciais. Esses resultados e a literatura fundamentaram a proposição de diretrizes de orientação de gestão para empresas de projeto com foco no atendimento a requisitos ambientais. A gestão propicia um ambiente mais favorável aos conceitos de sustentabilidade, durabilidade e desempenho.

  • A introdução da modelagem da informação da construção em um banco público brasileiro PDF
    • Aluno: Fernanda Andrade Ferrari
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    Em decorrência de sua atuação expressiva no mercado de financiamento de empreendimentos de habitação e infraestrutura, a Caixa Econômica Federal (Caixa) é um banco de grande relevância para o setor da construção civil brasileira. A Caixa mantém um setor técnico no qual são desempenhadas, dentre demais responsabilidades, as atividades de análise de documentação técnica e verificação da execução orçamentária e financeira das obras. Atualmente, esses procedimentos são realizados essencialmente de forma manual, configurando um processo moroso e suscetível à ocorrência de imprecisões. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo analisar a introdução da Modelagem da Informação da Construção, notadamente, no processo de verificação da documentação técnica de obras, realizado pelos profissionais desse banco público. Primeiramente, realizou-se um diagnóstico, por meio de uma survey, no setor técnico da Caixa que apontou aspectos relevantes à gestão de mudanças de origem tecnológica nesse ambiente. Em continuidade ao estudo de caso, investigou-se as motivações, os benefícios almejados e as possíveis barreiras para a implantação dessa inovação no processo de análise técnica desenvolvido pela instituição. Para verificar a adequabilidade e a aceitação das propostas preliminares de ferramentas e diretrizes de modelagem foi conduzido um workshop no qual participaram profissionais voluntários do mercado da construção civil. Com base neste estudo, apresentado neste trabalho na forma de três artigos científicos publicados, verificou-se que a Caixa pode ser considerada um importante vetor de difusão de práticas associadas à Modelagem da Informação da Construção na indústria da construção civil brasileira e que a proposição de novas ferramentas e diretrizes poderia ser efetivamente adequada para incrementar a prática projetual.|Além disso, observou-se que a transformação interna necessária para a implementação de mudanças nos processos técnicos da Caixa é viável desde que seja propiciado um ambiente favorável, em que os gestores incentivem, planejem e deem suporte às possíveis mudanças. Finalmente, a contribuição pretendida com esta pesquisa é fomentar outras iniciativas e colaborar para a disseminação da Modelagem da Informação da Construção nos setores de projeto e construção civil brasileiros.

  • Análise do impacto do novo plano diretor estratégico da cidade de São Paulo no planejamento de produtos residenciais PDF
    • Aluno: Julianna Lajut
    • Orientador: Claudio Tavares de Alencar
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    Diferentemente de muitas cidades europeias, a urbanização da cidade de São Paulo ocorreu na medida de seu crescimento econômico e populacional, formando um desenho urbano heterogêneo, sem padrões. A falta de um planejamento eficaz somada à priorização do transporte individual geraram problemas urbanos tais como congestionamentos, degradação ambiental, transporte público incipiente, etc. O novo plano diretor estratégico de São Paulo surge com uma proposta para reorganização da cidade, adensando regiões providas de maior infraestrutura e limitando a densidade populacional das outras regiões. Responsável pelo desenvolvimento imobiliário, o setor de real estate é afetado diretamente pelas novas diretrizes do plano diretor. Neste trabalho, são discutidos os impactos do novo plano diretor no planejamento de produtos residenciais, identificando os efeitos na formação de preços e das tipologias que passarão a ser ofertadas de acordo com as novas diretrizes de uso do solo, bem como as possíveis respostas do mercado, ou seja, empreendedores e a população. A metodologia de pesquisa contou com estudos bibliográficos, coleta de dados em uma incorporadora tradicional da cidade de São Paulo, e estudos de qualidade de investimento. Uma base de dados de terrenos foi submetida ao modelo de modo a comparar os resultados de empreender considerando a legislação anterior e a atual imposta pelo plano. Como resultado, verificou-se que a consequência indireta do plano será o aumento de preço de venda de apartamentos. Para minimizar esse efeito, será necessário: reduzir as taxas de retorno do empreendedor, reduzir as áreas privativas, custos de obra e os custos de terreno. Para os empreendedores, o planejamento de produtos se tornará ainda mais importante, diante das novas limitações e da provável redução de seus resultados financeiros.|Ainda, a tendência é que terrenos localizados próximos dos eixos de transporte tenham seus preços de comercialização elevados, e a oferta de apartamentos nessas regiões será de produtos de até 80 metros quadrados. Já os terrenos localizados em regiões de baixo aproveitamento poderão ter a atividade de incorporação inviabilizada, a não ser que haja reduções consideráveis dos custos de terreno.


Anterior Próximo
      1    2    3    4    5    6    7    8    9    10  . . . 157